Saiba como recuperar documentos perdidos durante o Carnaval

Bebeu demais,caiu na folia e perdeu documento ou algum objeto pessoal? Não se desespere. Recorrer a São Longuinho, o padroeiro dos que procuram artigos perdidos pode até ajudar os que têm fé, mas não é a única alternativa. O folião mais esquecido ou desastrado conta com várias opções para localização de seus objetos. As chances de encontrá-los são maiores se a pessoa souber onde perdeu. Concessionárias de transportes públicos como trem, metrô e barcas, a exemplo de empresas de ônibus e do Correios, possuem seção de achados e perdidos, para atender usuários.

Mas atenção. Nem todos funcionam nos dias de folia. Entretanto, o prazo para entrega, seja por parte de quem encontrou ou pelo dono que quer resgatar, costuma ser elástico, variando de um órgão para outro. O maior é o do Correios, que só recebe documentos, e do Metrô: 60 dias. Já o menor prazo é o da SuperVia: 15 dias para documentos e sete para objetos esquecidos nos vagões.

Os documentos que não foram buscados pelos donos no prazo estipulado pela SuperVia são encaminhados ao Correios, onde o usuário ganha uma segunda chance de resgatá-los. Já objetos perdidos, após sete dias são doados para comunidades no Morro do Pinto e da Providência, vizinhas à estação Central do Brasil.

O Metrô Rio costuma entrar em contato com o dono do objeto perdido se houve alguma indicação, como endereço ou telefone. Caso contrário, o jeito é procurar o setor de achados e perdidos, na estação Carioca. Entre os objetos mais curiosos encontrados nas estações estão aparelhos auditivos, muletas, carrinhos de bebê, televisões, ferramentas, dentaduras e aparelhos de dente.

Quem perdeu objeto ou documento dentro do ônibus pode recorrer à empresa ou buscar informações na Central de Relacionamento com o Cliente (CRC), pelo número 0800-886-1000. O atendente anota os dados passados pelo passageiro (como horário, a linha do ônibus, o número de ordem, a empresa ou consórcio) e faz o encaminhamento da solicitação.

Quem encontrar documento perdido nos dias de folia pode depositá-lo nas caixas de coleta ou entregar em qualquer agência dos Correios.

ONDE ENCONTRAR AJUDA

Supervia

Os usuários podem recuperar os pertences na sala de atendimento, localizada na estação Central Brasil. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h. O prazo é de 15 dias para documentos e sete dias para objetos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-9494.

Rodoviária Novo Rio

No embarque superior, ao lado da agência bancária, há um setor com os achados. Aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O prazo é de um mês para documentos, cartões eletrônicos e também objetos. Os telefones são 3213-1803/1802.

Correios

No edifício-sede, na Avenida Presidente Vargas, no Centro, ficam os pertences encontrados. Funciona, com um prazo de 60 dias, de segunda a sexta, de 9 às 17h. Informações pelos telefones: 3003- 0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-725- 7282 (demais localidades) ou pelo site correios.

Metrô

Na sala de atendimento ao cliente da Estação Carioca, é possível retirar os objetos, de segunda à sexta-feira, de 8h30m às 18h30m. O prazo é de 60 dias. Telefones: 0800-595 1111 e 4003-2111.

Rio Ônibus

Cada empresa mantém um serviço próprio. O usuário deve ligar para a Central de Relacionamento com o Cliente (CRC), pelo número 0800-886-1000.

Fonte da informação: Internet
Imagem: reprodução da internet




Quer ficar por dentro de todas as novidades do carnaval 2017, Notícias, Artigos, Informações de Utilidade Pública?



Quer comprar seu ingresso e garantir sua presença no Sambódromo no carnaval 2018?

Compartilhar:

Curta nossa fã page

Acesse nossa loja virtual e garanta já o seu ingresso!

Feed de notícias

Assine nosso feed:

Postagens Recentes